Rio de Janeiro, 


Pesquisa Avançada           Dicas de Pesquisa
Untitled

Página Principal

Institucional
Agenda da Presidência e da Corregedoria
Comissão Socioambiental
Administrativo
Transparência na
gestão pública
Contas Públicas
Informações
Precatórios
Legislação
Certidão de Feitos
Nova pagina 6

 

 PROCEDIMENTOS DE REDUÇÃO DE IMPACTOS AO MEIO AMBIENTE NAS CONSTRUÇÕES DO TRT/RJ

 

 EDIFÍCIO SEDE

1.       Transporte vertical, com a modernização dos elevadores e acréscimo de uma unidade exclusiva para uso de serviço.

2.       Sistema de proteção contra descargas atmosféricas.

3.       Instalações contra-incêncio (sistema de detecção e combate a incêndios atualizados).

4.       Sistema de infra-estrutura integrado.

5.       Execução de nova subestação.

6.       Revestimento em painel termo-acústico nas salas de máquina de ar condicionado.

7.       Especificação de torneiras com “temporizador” nos banheiros públicos e para funcionários

8.       Adoção de princípios de racionalização produtiva nos processos construtivos.

9.       Refazimento da impermeabilização das áreas molhadas e áreas externas.

10.   Uso de argamassa industrializada em áreas molhadas e em alvenarias com ambientes novos.

11.   Tratamento acústico no Plenário Délio Maranhão

12.   Adequação às diretrizes normativas para acessibilidade para PNE.

 

 MACAÉ

1.       Implantação do objeto arquitetônico seguindo o melhor aproveitamento da orientação solar e zoneamento do fluxo das atividades que serão neste realizadas.

2.       Uso de elementos como vegetação adequada e espelho d’água para criar ambiente confortável, amenizando o efeito do clima local nas áreas livres adjacentes à edificação.

3.       Acessibilidade do PNE ao edifício, adequada e sinalizada, de acordo às diretrizes normativas.

4.       Uso de águas pluviais para descarga, espelho d’água e jardim.

5.       Uso de elementos como “brise-soleil” nas fachadas mais agredidas pelo sol e a incidência de calor, buscando redução no consumo de ar-condicionado e melhor conforto térmico no ambiente.

6.       Ventilação natural nos banheiros e copas.

7.       Uso de telhas metálicas termo-acústicas de cor clara, dotadas de miolo de espuma de poliuretano isolante, com o objetivo de reduzir a incidência de calor para dentro do ambiente, através do fenômeno de condução direta à radiação.

8.       Tratamento primário de águas servidas e dejetos, através de fossas sépticas.

9.       Poço para captação de águas subterrâneas para uso no prédio, conforme NBR 12212.

10.   Uso de cores claras nas fachadas.

 

 CAMPOS DOS GOYTACAZES

1.       Permite acessibilidade ao prédio por PNE, seguindo as diretrizes normativas.

2.       Circulações internas com auxilio de iluminação natural.

3.       Paredes externas com espessura de 25cm, auxiliando na redução de condução térmica para o interior do ambiente, acarretando em economia no uso de ar condicionado.

4.       Uso de vidro verde de 4mm reflexivo em todas as janelas das fachadas, sendo este material, um dos mais indicados para redução de incidência térmica, radiação solar direta e ruídos.

5.       Uso de telhas metálicas termo-acústicas de cor clara, dotadas de miolo de espuma de poliuretano isolante, com o objetivo de reduzir a incidência de calor para dentro do ambiente, através do fenômeno de condução direta à radiação.

6.       Especificação de torneiras com “temporizador” nos banheiros públicos e para funcionários.

 CABO FRIO

      1.       Sistema de recolhimento de águas pluviais.

2.       Aproveitamento da iluminação e ventilação natural, principalmente nas áreas de circulação e de permanência pública.

3.       Telhas com pintura refletora na cor branca composta por isolante térmico.

4.       Uso de torneiras com temporizador nos banheiros públicos e para funcionários.

5.       Utilização de piso intertravado pré-moldado em concreto nas áreas externas adjacentes, permitindo que as águas pluviais transpassem ao solo, trazendo um equilíbrio térmico ao ambiente.

6.       Permite acessibilidade ao prédio por PNE, seguindo as diretrizes normativas.